Vestidos de Renda e Inspirações para o Natal e o Revèillon

  "Tem gente que gosta de usar vermelho no Natal e branco na virada de ano. Mas, também há quem prefira ver "Papai Noel" usando o clássico pretinho, e ver o sol nascer no Ano Novo vestindo ouro ou prata..."

 Tradições, manias ou crendices à parte, bom mesmo é a variedade de opções para atender a todos os estilos. Sendo assim, além do branco e do nude, os tons pastel como azul clarinho, rosinha bebê, salmão apagadinho, verdinho, amarelinho e etc. estarão por aí... E aliás, para quebrar esta possível monotonia ou até substituir o vermelho, alguns tons vibrantes como laranja ou tangerina e pink ou rosa-choque chegam sozinhos ou combinados entre si, e sem medo de chamar a atenção.

 Além do uso de brilho em roupas bordadas de paetê, e de bolsas e sapatos metalizados em ouro e prata - que sempre se destacam em finais de ano - pelo que se percebe, a renda ainda vai longe e será uma das "queridinhas" no Natal e no Revèillon, em vestidos, shorts, blusas, saias etc. Dependendo da formalidade ou informalidade das festas de final de ano, a renda pode ser mais rústica, ou, mais delicada ou refinada
(Inspirações de fontes desconhecidas)
Mas a renda não só domina a peça inteira, como também pode aparecer apenas em detalhes e estar combinada com tecidos de malha, seda, jeans e algodão, por exemplo.
(Inspirações de fonte desconhecida - Renda total ou só em detalhes.)
(Inspiração: Eva Mendes com vestido de Oscar de la Renta - Branco com charme do preto na faixa)

 Vestidos longos de renda em modelagem mais solta (2ª foto acima) parece ser a aposta de alguns estilistas para um Revèillon mais descolado, com inspiração nos anos 70. Atemporais, os tubinhos e outros modelos acinturados e curtos também são boas opções para as românticas.

"E a renda faz charme tanto numa festa em família, quanto no trabalho. Também pode fazer bonita presença em festa com amigos... Ou em momentos para lá de especiais, com o grande amor da sua vida!"

A renda e as curvas femininas:
- Para não acrescentar volume ao corpo, prefira renda com texturas mais delicadas e cores mais escuras, com o forro na mesma tonalidade. (Por exemplo, modelos de bom caimento como tubinho, ou vestidos em linha A ou evasê.)

- Já para as magrinhas, as tonalidades claras da renda e sobre forro contrastante, e(ou) textura e relevo com riqueza de detalhes e bem destacado. (Modelos com cintura marcada e saias volumosas, por exemplo.)

Bem, como ainda teremos muitas conversas sobre moda para as festas que se aproximam, espero realmente lhe despertar inspiração.

(Fotos meramente ilustrativas)

Limara Lis
V-Vitrine