Sapato alto para quem "não desce do salto" nas festas!

  Após falar de sapatos baixos de festa para quem não gosta de encerrar a noite descalça ou de chinelos, é claro que eu não poderia "deixar de fora" as leitoras apaixonadas por sapatos de salto alto.
 E olha que, tem algumas que não descem do salto de jeito nenhum: trabalham o dia todo de salto e suportam horas e horas "nas alturas" em qualquer situação, sem perder a pose e o rebolado. (Risos!)...  Será?!

 A atriz Deborah Secco, por exemplo, disse que apesar de ter desfilado diariamente sobre grandes saltos para viver sua ex-personagem (Natalie Lamour) em Insensato Coração, para o dia a dia ela própria prefere calçados baixos e confortáveis... Mas, parece que ela já está muito bem treinada para encarar qualquer salto!

Nas alturas:
- Salto meia pata: Dizem algumas usuárias que estes são mais confortáveis e que dá para ficar algumas horas tranquilamente sobre o salto. Outras afirmam que, por algumas horas é até possível, mas que mesmo confortáveis torna-se difícil para uma "pé de valsa" dançar por muitas horas seguidas, por exemplo.

- Salto Plataforma: Quando todo o pé fica apoiado como se você estivesse sobre um "degrau". Para passeios e eventos descontraídos no verão... Festa na praia, por exemplo. (Salto Anabela, plataformas de cortiça ou corda e etc.)

 Falando em sapato, o modelo scarpin é um luxo! Este clássico vem ganhando designs diferenciados e dispensa comentários. Entre eles o scarpin peep toe (acima) que é aberto nos dedos e inspira-se no vintage. É romântico e traz elegância para diferentes trajes e estilos.
(Salto largo, alto e com solado meia pata embutido na frente)

 Parece que o salto alto continua mexendo como imaginário "deles" e "delas". Eles acham sexy e elas "se acham" irresistíveis sobre um super salto. Dizem que empina o bumbum, além de alongar a silhueta. Garantem que torna o movimento de andar mais sensual e etc... etc... etc...

 E claro que gera polêmica: Entre outros é  preciso boa postura, equilíbrio e saber andar com elegância. Alegam que ficar sobre o salto trabalha a panturrilha; mas pode causar caimbra e outros sintomas desagradáveis. E, entre outros, ortopedistas dizem que é melhor moderar no uso do salto, e, que os médios (cerca de 4 cm.) são mais indicados para a saúde da coluna e das articulações. 

 Assunto não falta para que esta conversa seja tão comprida quanto o próprio salto, não é? Então, que tal você mesma contar sua experiência com o famoso salto alto nos comentários?

 (Fotos de calçados: 
http://www.carmimstore.com.br)

Limara Lis
V-Vitrine