Rugas: como entendê-las e o que fazer?

Como não sou especialista em estética e beleza, fui pesquisar as dicas do site "Plástica do Sonho" para falar das indesejáveis rugas. Serão elas inevitáveis? E você acha que as rugas, são apenas consequência natural do processo de envelhecimento da pele?! 

Engana-se, pois os especialistas dizem que não é apenas isso, e que outros fatores também contribuem para sua formação: estilo de vida, fatores ambientais, tabagismo, qualidade do sono, alteração dos níveis hormonais (estrogênio) e exposição aos raios solares. Tudo isso participa da formação das indesejáveis linhas de expressão.

Como entender as rugas e o que fazer?

Segundo especialistas as rugas possuem características próprias e são classificadas como estáticas e dinâmicas. As dinâmicas são as que aparecem somente quando as expressões faciais estão em movimento, como quando sorrimos, por exemplo, e aparecem em maior índice em pessoas com idade entre 30 e 40 anos. Já as estáticas são as marcas definitivas e que já não dependem do movimento muscular. Estas sim, causadas pelo envelhecimento natural da pele. Dizem também que as rugas dinâmicas podem se transformar em estáticas, através das contrações musculares repetidas ao longo de anos.



"Ou seja, é possível ter um “preview” de como será seu rosto no futuro, apenas fazendo caras e bocas na frente do espelho!"

São três as camadas que constituem a pele: epiderme, derme e hipoderme. É na derme que surgem os vincos, sulcos e rugas, devido à alteração de três importantes componentes: colágeno, elastina e ácido hialurônico.

  •  Colágeno: responsável pela estrutura da pele
  •  Elastina: responsável pela elasticidade.
  •  Ácido hialurônico: atrai a água, dando volume e hidratação
  •  
    A pele se torna incapaz de manter a estrutura e a elasticidade, com a perda destes três componentes naturais. Nas mulheres, em especial, esse efeito poderá ser notado 5 anos após a menopausa, quando há uma perda de 30% do colágeno.

    Já que as rugas são inevitáveis pela própria condição humana, há alguma forma de retardar seu aparecimento?

    Para prevenção das rugas precoces deve-se manter hábitos de vida saudável:
    • Ter uma boa alimentação,  incluindo grãos, frutas e vegetais frescos. 
    • Praticar atividades físicas com regularidade. Reduzir o estresse. 
    • Evitar ou abandonar o tabagismo. 
    • Evitar a superexposição solar. 
    • Adicionar antioxidantes na sua dieta como as vitaminas A e C, o licopeno, o chá verde e a coenzima Q10. 
    • E, o mais importante: beber muita água diariamente.

    E o que fazer se as rugas já se instalaram?

    Atualmente existem vários tratamentos que podem solucionar o problema, e que são escolhidos de acordo com o tipo de ruga a ser tratada.


    Para rugas dinâmicas:

    • Ressurfacing  (ou esfoliação)
    • Peeling químico
    • Dermoabrasão
    • Toxina Botulínica

    Para rugas estáticas:

    • Implantes ou Bioplastia
    • Cirurgia Plástica

    Nunca passei por procedimentos deste nível, assim como nem todas as mulheres possuem condições financeiras para cuidados estéticos. Muitas adaptam-se ao envelhecimento natural e são felizes. Outras preferem passar por correções estéticas, e, para estas mulheres existem vários procedimentos anti-rugas. Conheça  AQUI como funcionam cada um dos métodos descritos acima.

    Fonte: Plástica do Sonho
    (http://www.plasticadosonho.com.br/)

    (Foto: reprodução/montagem/fonte desconhecida)



    "Plantão Curioso" do V Vitrine: _ Até que ponto as rugas abalam a sua autoestima?

    (Participe!... Responda nos comentários abaixo.)




    Limara Lis