Sombrinhas - Faça chuva ou faça sol...

Debaixo de tantas chuvas e temporais ocorridos em janeiro e fevereiro, este acessório precisa da ajuda de capas de chuva, botas de borracha e roupas impermeáveis em geral. 


A história pode ser mais ou menos assim:


"Lá no tempo das nossas avós ou bisavós, além da chuva, a sombrinha era um acessório fundamental para cobrir-se do sol.  Junto aos românticos chapéus, ela servia para fazer sombra e protejer a pele feminina, que deveria ser bem clarinha para  estar dentro dos padrões de status e beleza da sociedade da época."


Hoje, no tempo do filtro solar, é usada sob a chuva, e quem se atreve a usá-las ao sol, causa certa estranhesa... (Apesar da minha loucura, em imaginar que seria lindo ver muitas sombrinhas num "balé de cores" sob o nosso calor e sol escaldantes de verão!!!)

 
Na bolsa das mulheres mais organizadas e prevenidas sempre tem um modelo deste acessório na forma portátil.  Faça chuva ou faça sol, a sombrinha vai para o trabalho, escola ou a qualquer lugar...   

Para as mulheres práticas, de preferência uma em cor básica, que após fechada fique bem pequena e que seja levinha.

Para as estilosas, vários modelitos de cabo longo, cheias de detalhes... São charmosas, porém  não é prático  após a chuva, andar com aquela "bengala" nos braços... O que você acha?

Para quem gosta de elegância "até debaixo d'água",  as sombrinhas ganham estilos diferentes: vão de transparentes a cores, estampas e modelos inusitados.  Mas, seja lisa, estampada, em cor fluorescente ou sóbria e neutra; este é um acessório que  além de proteger complementa o visual.


Dizem por aí: Guarda sol, guarda chuva e sombrinha... O nome que se dá a este acessório importa?!

(Fotos: reprodução de várias fontes desconhecidas)


Ah!... Não sei se a chuva ajudou ou atrapalhou, mas na verdade este texto começou AQUI!


Limara Lis
V Vitrine