Para não perder a pose

Para você não perder a pose e manter a maior elegância, aqui os seis segredinhos da Revista Boa Forma:

segredo nº 1
Você é daquelas que passa o dia inteiro sentada diante do computador, largada na cadeira? Pois saiba que, além de antiestético, sentar-se no osso sacro (em cima do cóccix) pode causar dores na região lombar. A melhor forma de ajustar a sua postura na cadeira é colocar as mãos embaixo do bumbum e sentir os ísquios, os dois ossinhos da região. “Sentando neles, alinhamos o corpo de forma automática. Não é à toa que eles são chamados de sit bones, ossos de sentar em inglês”, explica Cristina. O ideal é que seus pés fiquem apoiados no chão formando um ângulo de 90 graus. Para completar, utilize uma toalha ou almofada para apoiar a parte baixa da coluna no encosto.

segredo nº 2
Um abdômen forte significa muito mais do que poder usar miniblusa sem medo ou encanação. Quando esses músculos estão fortalecidos, agem como se fossem um cinturão de força que sustentam toda a coluna vertebral. Por isso, esteja você de pé ou sentada, o abdômen deve ficar sempre contraído. Procure pensar que você está usando um espartilho que segura toda a musculatura transversal do abdômen (a camada que se localiza na cintura). Ou ainda compare o seu umbigo com um ralo que vira um buraco bem pequeno quando você aciona os músculos abdominais.

segredo nº 3
Barrigas salientes têm tudo a ver com má postura, você sabia? Assim como o bumbum exageradamente arrebitado ou os pneuzinhos das laterais (repare que, às vezes, a dobra de um lado da cintura pode ser maior do que a do outro graças aos quadris desalinhados). Para evitar esse quebra-cabeça, adote um exercício simples e prático: pense que o seu abdômen abriga um relógio de parede. O número 6 se localiza na pélvis (cerca de um palmo abaixo do umbigo) e o 12 no ponto entre os seios logo abaixo do sutiã. O 3 e o 9 ficam nos dois ossinhos dos quadris. A ideia é manter o relógio sempre plano. Por isso, se você contrair demais o bumbum, o 6 aponta para cima. Se arrebitá-lo, o 6 vira para baixo. Lembre-se de que esse desenho imaginário vale para quando estiver em pé, sentada e até deitada.

segredo nº 5
Quando a gente se depara com a nossa imagem em fotografias fica mais fácil enxergar a falta de alinhamento entre cabeça e o tronco. O mais comum é projetar o queixo para a frente, acentuando demais a curvatura da cervical. Inclinar o rosto para um dos lados, apesar de difícil de perceber, também colabora para estragar o visual. Com a ajuda de uma parede, você consegue corrigir esses desvios. Encoste nela e você deve sentir três pontos do seu corpo: o occipital (osso protuberante de trás da cabeça), a coluna dorsal (abaixo do pescoço) e o sacro (na lombar). Depois da posição acertada, procure aproximar um pouco o queixo do peito e manter os olhos na direção do horizonte durante o dia todo.

segredo nº 6
Enfim, a respiração! Ela é fundamental para manter uma postura de respeito. Repare que, quando estamos ansiosas, os músculos se contraem, os ombros elevam, o pescoço trava, as pernas ficam pesadas... e acabamos respirando de forma curta e rápida como se estivéssemos passando por uma situação de perigo. Aquietando a respiração, relaxamos e, consequentemente, alinhamos o corpo. “Se você inspira em dois tempos, por exemplo, o ideal é exalar o ar no dobro, respeitando a capacidade pulmonar de cada um”, sugere Sueli Jonishi Corradini.



Veja nossas matérias relacionadas:

V Vitrine: Em cima do salto...

V Vitrine: Não caminhe, desfile!