Clodovil entre linhas, agulhas e alfinetadas!

Clodovil foi um estilista talentoso e ousado, que dava as suas tesouradas e alfinetadas com muita irreverência e bom humor.

Aconteceu em 2008, na Galeria de Arte da Casa Cor Brasília, uma exposição com vestidos de diversos estilistas. Entre os modelos, um vestido de Clodovil Hernandez que Mércia Crema usou na festa de 1982

Vestido do estilista Clodovil, de 1973, na exposição "Retrospectiva das Criações dos Mais Famosos Estilistas desde os Anos 40", exibida em 2000 em São Paulo


Clodovil Hernandes, na época estilista, em uma capa de revista "Cruzeiro" de 1971


Algumas Pérolas de Clô:

"As donas-de-casa me adoram porque sabem que eu vim de baixo. Vivi a história da Cinderela. E pobre gosta mesmo é de luxo." Na Folha, em 1998

"Eu sou do tipo de homem que gosta verdadeiramente de mulher porque eu nunca enfrentei uma mulher." Na Folha, em 2007

"Digo aos senhores que a única coisa de que tenho medo --já me fizeram muito medo aqui, como estrangeiro que sou nesta Casa-- é da expressão 'decoro parlamentar'. Eu não sei o que é decoro, com um barulho destes enquanto um deputado fala. Eu não sei o que é decoro, porque aqui parece um mercado! Nós representamos o país! Não entendo por que há tanto barulho enquanto um orador está falando. Nem na televisão, que é popular, fazem isso."

Primeiro discurso na Câmara dos Deputados, em 2007

Mais pérolas neste site...

Criações, Retrospectiva e Álbum de Clodovil, aqui!

Fotos: Reprodução
Fonte: Folha Online