De biquíni no shopping

"Coloque um sorriso no rosto e finja que é a coisa mais normal do mundo ficar nua dentro de um provador minúsculo forrado de espelhos, mostrando você de frente, de costas, de lado, sem nenhum recurso de Photoshop ao alcance. E com uma vendedora ansiosa atrás da cortina perguntando a cada dez segundos:

_Serviu? Posso dar uma olhadinha?


Abstraia. Faz de conta que você mora em Estocolmo e não "falar" português."


Pequeno trecho da crônica de Martha Medeiros - Revista - O Globo - Nº 228.
Foto: reprodução